Automatização de Infraestrutura – DevOps e Python

Automatização de Infraestrutura – DevOps e Python

Automatização de Infraestrutura – DevOps e Python

Hoje em dia os profissionais de TI estão olhando cada vez mais para DevOps e Python. Se você quer saber por que a linguagem Python é importante no DevOps continue lendo este artigo.

Na cultura DevOps, somos obrigados a fazer muita automação usando ferramentas e scripts e o Python fornece muitas bibliotecas e módulos abertos para ajudar nessa automatização.

Se quisermos escrever um script para automatizar uma tarefa, o Python é uma excelente opção em termos de independência de plataforma, fácil de escrever e possui integrações com muitas ferramentas. Além disso, no Python, existem muitos módulos disponíveis como código aberto que suportam várias ferramentas.

Mas, antes de continuarmos, veja mais sobre o que é DevOps e o que é Python.

O que é DevOps?

O termo DevOps surge da junção das palavras “desenvolvimento” e “operações”. Ele se dá a partir da união de ferramentas e mudança de mindset visando organizar processos de forma que otimize seus resultados.

DevOps é a combinação de operações e desenvolvimento de software que reduz ou quase elimina a desconexão entre os administradores de sistemas que executam a infraestrutura e os desenvolvedores de software que desenvolvem aplicativos. O DevOps surgiu a partir da necessidade de agilizar as entregas na área de tecnologia da informação, aperfeiçoando a comunicação, colaboração e integrando desenvolvedores e administradores da infraestrutura.

Mas ao contrário do que muitos pensam, DevOps não é só automatizar processos, mas vai muito além disso. Seu principal pilar parte de uma cultura organizacional que permita atingir os objetivos compartilhados por todo o fluxo de valor da TI. Somente com a cooperação entre as áreas, processos flexíveis e feedback constante a cultura DevOps entra em uma empresa para ficar e para contribuir de forma eficaz com o negócio.

Há quem defenda que DevOps se trata de uma cultura, outros apostam que seja uma metodologia, há quem diga que é um cargo e outros que veem como uma nova forma de pensar. Já os estudiosos consideram o DevOps como um termo em evolução e que não deve ser limitado neste momento.

Veja também: Qual o nível de maturidade DevOps da sua empresa?

O que é Python?

Python é uma linguagem de programação popular de uso geral que pode ser usada para uma ampla variedade de aplicativos. Ele inclui estruturas de dados de alto nível, digitação e vinculação dinâmica, dentre muitos outros recursos que o tornam tão útil para o desenvolvimento de aplicativos complexos e para scripts que conectam os componentes.

Ele também pode ser estendido para fazer chamadas de sistema para quase todos os sistemas operacionais e para executar código escrito em C ou C ++. Devido à sua onipresença e capacidade de execução em quase todas as arquiteturas de sistema, o Python é uma linguagem universal encontrada em diversos aplicativos diferentes. Além disso, todas as versões modernas do Python são protegidas por direitos autorais sob uma licença compatível com GPL certificada pela Open Source Initiative.

Veja também: LPI e 4Linux: uma parceria de longa data

Por que Phyton é tão utilizado no DevOps?

Durante o desenvolvimento de software, quando a metodologia ágil é utilizada corretamente, geralmente um gargalo ocorre durante a operação do dia a dia e as fases de implantação. Novas correções e atualizações são produzidas tão rapidamente em cada sprint que as equipes de infraestrutura podem ficar sobrecarregadas com constantes implantações (releases).

Para eliminar alguns desses problemas, o pessoal de operações e os desenvolvedores de aplicativos devem trabalhar com maior proximidade para automatizar a entrega do código para a produção a partir da liberação de cada nova versão.

Como o DevOps é uma abordagem para lidar com mudanças e agilidade, os engenheiros precisam dominar várias linguagens. A linguagem de programação Python é um dos componentes mais importantes da cadeia de ferramentas do DevOps. O Ansible e outras ferramentas são escritas em Python, o que significa que você pode criar scripts ou módulos personalizados para automatizar suas tarefas, por exemplo, ou fazer outras coisas.

A acessibilidade e flexibilidade do Python são algumas das razões pelas quais essa linguagem é tão utilizada para o conjunto de ferramentas DevOps. Se você estiver trabalhando em DevOps você deve saber como trabalhar com várias linguagens.

Veja outros motivos que fazem a linguagem Python ser muito utilizada no mundo DevOps:

  • Facilidade

Python é fácil de ler e aprender. Também é fácil copiar, colar e executar. A linguagem Python permite que você faça algumas coisas complexas sem a necessidade de entender completamente tudo o que está acontecendo;

  • Exploração

Para quem quer explorar novas ferramentas e linguagens e está curioso sobre a tecnologia, a Python pode te dar uma base sólida, já que não requer os níveis de comprometimento que uma linguagem especializada exige.

  • Script

É uma excelente linguagem de script, possibilitando que os scripts sejam escritos localmente e funcionem em qualquer lugar, economizando a necessidade de scripts individuais para todos os sistemas diferentes.

  • Sem programação orientada

Não há necessidade de programação orientada a objetos. Nenhuma codificação estruturada é necessária. Você pode ir direto para pegar o que você quer e fazer o trabalho. Muito parecido com scripts em shell.

Python x Ruby

Python e Ruby são comparados com frequência e com certa razão: ambos são altamente acessíveis e utilizados em aplicativos desenvolvidos por muitas organizações. Eles também aparecem no conjunto de ferramentas DevOps. Podemos fazer quase todas as coisas com Ruby que fazemos com o Python. Mas, quando se trata de sintaxe, o Python leva vantagem, já que é muito mais direto que a sintaxe do Ruby. No quesito de aprender a depurar problemas e códigos, o Python também leva vantagem sobre o Ruby, já que possui uma abordagem muito mais direta à programação.

Quer saber mais sobre automação de infraestrutura, Python e DevOps?

Cursos

A 4Linux oferece diversos cursos tanto de DevOps quanto de Python.

Quer um curso de DevOps gratuito? Se matricule no curso DevOps Essentials!

Você também pode baixar um eBook totalmente gratuito!

As empresas que necessitam de uma consultoria para apoiar tanto no planejamento, quanto na implantação de novas ferramentas e processos envolvidos nas práticas DevOps, podem contar com o apoio da consultoria da 4Linux, para as mais diversas etapas que se encontram e tecnologias que estão sendo adotadas.

4Linux

A 4Linux é uma empresa referência em serviços de tecnologia da informação, sendo líder e referência de mercado em cursos de Linux e open software. Conta com uma equipe de profissionais especialistas altamente qualificados para prestar serviços de consultoria, suporte e desenvolvimento.

CURSOSCONSULTORIA    CONTATO

Anterior 5 Ameaças de engenharia social à privacidade do funcionário
Próxima Participação da 4Linux na DebConf 19.

About author

Joyce Bambach Luiz
Joyce Bambach Luiz 38 posts

Responsável pela área de Marketing e Relacionamento da 4Linux, com mais de 10 anos de experiência no segmento de tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Notícias

DEVOPS no dia a dia do Wellinton Pinheiro

No último dia 3 de setembro aconteceu a prova beta test na sede da 4Linux em SP. Foram mais de 150 inscritos que fizeram a prova de seleção na plataforma

DevOps

4Linux já oferece cursos para a nova certificação Devops do LPI

A 4Linux tem a tradição de inovar e estar sempre oferecendo cursos modernos que preparam os profissionais para ocuparem boas vagas de emprego conforme demanda do mercado de trabalho. O

DevOps

Novidades para build de aplicações no Jenkins

Jenkins é um servidor de automação, independente e de código aberto, usado para automatizar todos os tipos de tarefas relacionadas à criação, teste e distribuição ou implementação de software. Recentemente,