Seu linux está seguro? Descubra com o Lynis!

Seu linux está seguro? Descubra com o Lynis!

Saudações pessoal!

Muito se fala da segurança em sistemas operacionais Linux, geralmente costuma-se dizer coisas como: “Não há vírus para Linux”, “Linux é mais seguro que outros SOs”, e tantos mais… Mas, até onde tudo isso é verdade?

É fato que o Linux implementa o software aplicando técnicas de segurança mais avançadas, e o fato de o código ser aberto e revisado pela comunidade também dá um nível de confiabilidade elevado. Mas, não existe nenhum sistema 100% seguro e isso (para bem ou para mal) é um fato imutável.

Por isso é importante sempre implementar a Segurança em Camadas. Sempre digo isso em todas as minhas aulas, e meus alunos costumam compreender bem o conceito. O fato aqui é: Quanto mais camadas de segurança implementadas, mais seguro se tornam os ambientes.

Beleza Samuel, mas onde queremos chegar com tudo isso? Aí entra o tema de nosso post de hoje! Você sabe afirmar se seu ambiente Linux, tanto em sua estação de trabalho, quanto em seus servidores, está o mais seguro possível?

Hoje vamos trabalhar com a ferramenta Lynis para nos ajudar a detectar problemas de segurança em sistemas Linux!

O que é o Lynis?

Lynis é uma ferramenta OpenSource para auditoria de sistemas operacionais Unix/Linux. Ele faz verificações no sistema em busca de informações de segurança, informações gerais do sistema como hardware e software instalados e disponíveis, erros de configuração, problemas de segurança, contas de usuário sem senha, permissões erradas, auditoria de firewall etc.

Lynis é uma das ferramentas de auditoria automática mais confiáveis para gerenciamento de patches de software, bem como de varredura de malware e detecção de vulnerabilidades em sistemas Linux. É bastante útil para auditores de segurança, administradores de redes e sistemas, especialistas em segurança e pentesters, por exemplo.

Trata-se de um sistema flexível, por isso ele é utilizado para várias finalidades, como:

  • Auditoria de segurança
  • Teste de conformidade
  • Teste de penetração
  • Detecção de vulnerabilidade
  • Hardening do sistema

Neste artigo aprenderemos a instalar o Lynis em sistemas linux, e também aprenderemos a utilizá-lo para tornar nosso ambiente mais seguro.

 

Instalação do Lynis

Instalar o Lynis é bastante simples se utilizarmos o gerenciador de pacotes do sistema. Vamos instalar da seguinte forma:

Para instalar em sistemas baseados em Debian como Ubunto e Linux Mint execute:


$ sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv-keys C80E383C3DE9F082E01391A0366C67DE91CA5D5F
$ sudo apt install apt-transport-https
$ echo "deb https://packages.cisofy.com/community/lynis/deb/ stable main" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/cisofy-lynis.list
$ apt update
$ apt install lynis
$ lynis show version

Caso queira instalar em um sistema baseado em REHL, como CentOS ou Fedora, execute:


# yum update ca-certificates curl nss openssl
# cat >/etc/yum.repos.d/cisofy-lynis.repo <<EOL
[lynis]
name=CISOfy Software - Lynis package
baseurl=https://packages.cisofy.com/community/lynis/rpm/
enabled=1
gpgkey=https://packages.cisofy.com/keys/cisofy-software-rpms-public.key
gpgcheck=1
priority=2
EOL

# yum makecache fast
# yum install lynis

Se preferir, pode instalar no openSUSE, com os comandos:


$ sudo rpm --import https://packages.cisofy.com/keys/cisofy-software-rpms-public.key
$ sudo zypper addrepo --gpgcheck --name "CISOfy Lynis repository" --priority 1 --refresh --type rpm-md https://packages.cisofy.com/community/lynis/rpm/ lynis
$ sudo zypper repos
$ sudo zypper refresh
$ sudo zypper install lynis

Ou, ainda, você pode instalar usando o código fonte. Para isso, execute os seguintes passos:


# mkdir /usr/local/lynis

# cd /usr/local/lynis

# wget https://downloads.cisofy.com/lynis/lynis-3.0.4.tar.gz

# tar -xvf lynis-3.0.4.tar.gz

Executando e utilizando o Lynis

Ao executar o comando `lynis` sem nenhuma opção, ele fornecerá uma lista completa de parâmetros disponíveis e voltará para o prompt do shell. Como na figura abaixo:

Para iniciar a auditoria com o Lynis você deve definir um parâmetro `audit system` visando auditar todo o sistema Linux. Use o seguinte comando para iniciar uma varredura completa, com os parâmetros mostrados abaixo:

<pre># lynis audit system</pre>

O processo de escaneamento se iniciará, e você deverá ver uma tela semelhante a esta:

Durante a execução você verá saídas como [OK] ou mesmo [DONE] e [ SUGGESTION ] e [ WARNING ]. Mas isso não significa que o resultado [ OK ] está configurado corretamente e [ WARNING ] não é necessariamente ruim. Você deve tomar medidas corretivas para corrigir esses problemas depois de ler os logs em /var/log/lynis.log.

Podemos seguir os seguintes parâmetros para execução do Lynis:

  • audit system – Realiza uma auditoria completa do sistema local.
  • show commands – Mostra os comandos disponíveis do Lynis.
  • show help – Fornece uma tela de ajuda.
  • show profiles – Exibir perfis descobertos.
  • show settings – Lista todas as configurações ativas dos perfis.
  • show version – Exibe a versão atual do Lynis.
  • --cronjob : Executa o Lynis como um cronjob (inclui -c -Q).
  • --help or -h : Mostra parâmetros válidos.
  • --quick or -Q : Não espere pela entrada do usuário, exceto em caso de erros.
  • --version or -V : Mostra a versão do Lynis.

Com os resultados, é importante que você adeque corretamente seu ambiente ao relatório, seguindo as diretrizes que definir.

Como expliquei, segurança se faz com várias camadas, por isso organize bem seu ambiente e implemente a maior quantidade possível de camadas de segurança para diminuir as superfícies de ataque.

Execute o Lynis em seu ambiente e corrija as vulnerabilidades encontradas. Deixe aqui nos comentários todas as dúvidas e sugestões que tiver!

Forte abraço!

 

Líder em Treinamento e serviços de Consultoria, Suporte e Implantação para o mundo open source. Conheça nossas soluções:

CURSOSCONSULTORIA

Anterior Lógica de programação com javascript: o novo curso gratuito da 4Linux.
Próxima Instalando o Nextcloud com Docker Compose

About author

Samuel Gonçalves
Samuel Gonçalves 2 posts

Saudações! Eu possuo mais de 9 anos de experiência em Tecnologia, várias certificações, um monte de projetos dos quais faço parte! Sou Especialista em Segurança Ofensiva e DevOps. Também possuo MBA em Data Science e IoT. O que mais importa é: vamos nos conectar? É só me chamar!

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Segurança

Log de Linux com o SystemD/Journald

E ai, Qual teu papo? O objetivo deste bate papo e abordar sobre um componente do SystemD chamado Journald que atua na coleta e gerenciamento de entradas de registros diários de

Segurança

Análise forense em imagens

O que de fato é imagem forense? Para ser direto, Image Forensics é um ramo específico da análise forense que lida com vários tipos de ataques. Alguns deles incluem: A autenticidade de

Segurança

Dica da semana: Conexões de rede netcat.

Nesta dica da semana da 4Linux, iremos aprender como trabalhar com o nc (Netcat), uma ferramente utilizada para auditoria de vulnerabilidades e segurança. O que é? O comando netcat é