Quando contratar suporte especializado para sua empresa ?

Quando contratar suporte especializado para sua empresa ?

Atualmente podemos afirmar que toda empresa, é uma empresa de tecnologia com foco em alguma área de negócio, por exemplo, as instituições bancárias são uma empresa de tecnologia que possuem licença para atuar no ramo bancário/financeiro, assim como as grandes montadoras que nada mais são do que uma empresa de tecnologia, com autorização e expertise para fabricação e montagem de automóveis.

Isso se dá devido a importância que a TI tem para o negócio e o impacto que a sua falha pode causar nos mais diversos segmentos da indústria. Assim é de extrema importância que as empresas estejam preparadas e sua TI bem estruturadas para que não ocorram problemas nas suas operações e consequentemente no negócio e caso isso venha acontecer o tempo de restauração dos serviços e da operação deve ocorrer o mais rápido possível, o que se faz necessário ter uma equipe de apoio especializada e sempre de prontidão, o que em algumas situações é negligenciado pela empresa, podendo causar danos irreparáveis.

Fato é que a TI se tornou parte estratégica do negócio e com suas constantes mudanças em um período curto de tempo fica difícil acompanhar todas mudanças e ainda mais especializar a equipe interna para essas novas tecnologias e até mesmo realizar o planejamento de curto e médio prazo com a infraestrutura da organização, assim vem se tornando cada vez mais comum a contratação de suporte técnico especializado em algumas tecnologias, além de auxiliar nesse planejamento a empresa tem a certeza que terá um apoio técnico com SLA (Service Level Agreement – Nível de Acordo de Serviço) estabelecido paras as adversidades que podem ocorrer no ambiente, evitando uma sobre carga na equipe interna que já precisa lidar com outras tarefas e também evita a criação de “super stars” dentro das organizações, o que é ruim ao longo prazo pois todo expertise de solução fica com um único colaborador, que pode se desligar da empresa e deixar toda uma estrutura a mercê, ou mesmo um problema grave ocorrer quando o mesmo estiver viajando de férias para uma região que tenha fuso horário diferente ou sinal precário.

Esses e outros motivos levam a conclusão de que ter um suporte contratado junto a uma empresa terceira é uma boa ideia, afinal a organização irá contar com um time de especialistas que estão sempre atualizados no assunto e de prontidão para um atendimento imediato, conforme SLA estabelecido e muitas vezes é financeiramente mais barato contratar este tipo de serviço do que manter um colaborador especialista dentro da empresa, uma vez que devem ser considerados também os custos de um processo de seleção, a própria contratação, treinamento e o prazo para que este colaborador se torne de fato produtivo para a empresa, além dos recursos e da infraestrutura física para atuação desse profissional, que ainda corre-se o risco do mesmo não ter o conhecimento necessário para lidar com problemas específicos quando estes acontecerem. Isso é ainda mais evidente quando direcionamos as pequenas e médias empresas ou ainda empresas de regiões distantes das capitais que possuem mão de obra qualificada mais limitada.

Quando falamos de softwares proprietários/licenciados é mais fácil atrelar o suporte ao produto, uma vez que isso já está “incluso” no valor pago mensal ou anualmente pela sua utilização, no entanto esta prática “amarra” à organização ao produto e com o tempo fica cada vez mais difícil tirar essas “amarras”.

E quando falamos de software open source ? Quem forneceria este tipo de suporte ?

Uma vez que soluções Open Source referem-se à softwares que possuem seu código aberto que pode ou não ter uma grande empresa por trás como contribuidora/patrocinadora do projeto. Este tipo de solução pode ser adaptado e customizada para diferentes fins, sem custo algum para quem está usufruindo, seja uma pessoa física ou jurídica, oferecendo assim as empresas uma grande oportunidade de direcionarem seus investimentos em novos serviços, consultoria para otimização e qualificação do seu time, garantindo um maior e melhor retorno de seus investimentos na TI (ROI).

A escolha por softwares open source pelas empresas dos mais diversos tamanhos e segmentos, são diversos, no entanto podemos destacar:

  • Flexibilidade – o software está disponível para que possa ser adaptado para os mais variados casos de uso;
  • Maior capacidade de inovação – por não possuir uma licença, permite que as equipes o adotem sem restrições orçamentárias permitindo inovações mais rápidas e menos burocráticas
  • Redução de Custo – se muitos projetos de TI não saem do papel por falta de verba das organizações, com as soluções open source isso não é um problema, além de ainda ser capaz de substituir diversas ferramentas de mercado, reduzindo consideravelmente os custo orçamentário da TI ao longo do ano, podendo direcionar essa verba para outras necessidades.

Muitas vezes essas soluções começam embrionárias nas empresas, mas logo ganham força e chegam ao ambiente produtivo e se tornam essenciais para o negócio, o que leva uma preocupação à alta gestão, uma vez que a equipe atual que ganhou expertise durante a implantação da solução pode não ser a mesma até o final do ano e caso ocorra um incidente que impacte o negócio quem irá dar apoio ao time interno de TI ? Buscar respostas na comunidade é sempre uma boa opção, mas será que o tempo de encontrar a resposta certa é viável para o negócio ? Buscar empresas no mercado para um reparo, nem sempre é a garantia de que terá um atendimento imediato, pois haverá um processo de negociação e contratação, entendimento do problema, etc, e será que o negócio que esta sendo impactado ou até mesmo parado pode esperar este tempo ? Qual será o custo deste período inativo para o negócio ?

São perguntas básicas que todo gestor de TI se faz ao optar por soluções open source e para cada pergunta fica cada vez mais evidente a necessidade de se ter uma empresa parceira para suportar seu ambiente e dar uma rápida resposta aos incidentes e uma maior garantia para o negócio de que a empresa não ficará à deriva caso seu colaborador “super star” deixe de fazer parte do time em algum momento.

Pensando neste cenário, a 4Linux se especializou durante anos na oferta de soluções baseadas em softwares open source e desde 2006 opera o suporte do ecossistema de software livre da Caixa Econômica Federal em regime 24×7, onde ainda contam com um pacote de horas técnicas especializadas para desenvolvimentos de novas soluções, provas de conceitos, capacitação, workshop, etc.

Dentre as tecnologias suportadas pela 4Linux podemos destacar na figura abaixo as mais procuradas:

E aí, utiliza algumas destas tecnologias ? Está sem suporte terceirizado ou à mercê de seu “Astro Boy” ?

Entre em contato agora mesmo com a 4Linux e solicite uma cotação, oferecemos suporte para ambientes críticos em regime 24×7, como também em horário comercial 8×5, com opção de um banco de horas mensal para evolução do ambiente e implantação de novas tecnologias.

CURSOSCONSULTORIA    CONTATO

Anterior 4Linux lança novo curso de Rancher!
Próxima Teoria do Terraform

About author

Davi Toledo
Davi Toledo 2 posts

Davi Toledo atua como Analista de Pré-Vendas na 4Linux, elaborando projetos de infraestrutura Linux e de soluções FOSS (Free and Open Source Software) para as mais diversas necessidades, formado em Redes de Computadores e com MBA em Governança Estratégica de TI pela FHO-Uniararas, está se pós-graduando em Infraestrutura de TI pela UFScar. Possui as Certificações: LPIC-2, LPIC-1, Exin DevOps Master, ITCerts Cloud Security Foundation, IT Governance Foudations, DevOps Essentials, DevOps Security e CertiProf Scrum Foudation.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Treinamentos

Como estamos agindo para combater a proliferação do COVID-19 e como isso pode afetar nossos serviços.

Cliente 4Linux, Estamos comprometidos em fornecer aos nossos clientes serviços de qualidade. Dada a situação em constante incerteza em torno do COVID-19, queremos informá-los sobre algumas mudanças que irão afetar

Destaques

Qual o nível de maturidade DevOps da sua empresa?

Medir o nível de maturidade dos processos DevOps é o melhor caminho para direcionar novos esforços e investimentos. A 4Linux idealizou e criou um serviço de consultoria na qual ela

Negócios

4Linux, Agile e Agile Trends: um pouco de história.

As metodologias ágeis tem conquistado cada vez mais espaço dentro das corporações. Quem – há 5 anos atrás – diria que os profissionais ou as carreiras “product owner” e “scrum