Guia Prático: Instalação e Configuração do pgAdmin4 via Docker

Guia Prático: Instalação e Configuração do pgAdmin4 via Docker

O pgAdmin4 é a plataforma de administração e desenvolvimento open source mais popular para PostgreSQL. Neste post, vamos instalar e configurar esta ferramenta via Docker.

DOCKER

1. INSTALANDO DOCKER

Instalaremos o Docker em uma máquina Debian 9. O procedimento é semelhante ao empregado para a distribuição Ubuntu.

Como usuário root, execute os comandos a seguir:

root@localhost:~# apt-get update
root@localhost:~# apt-get install apt-transport-https ca-certificates curl gnupg2 software-properties-common
root@localhost:~# curl -fsSL https://download.docker.com/linux/debian/gpg | sudo apt-key add -
root@localhost:~# add-apt-repository "deb [arch=amd64] https://download.docker.com/linux/debian $(lsb_release -cs) stable"
root@localhost:~# apt-get update
root@localhost:~# apt-get install docker-ce -y
# Verifique se o Docker foi corretamente instalado executando o comando a seguir:
root@localhost:~# docker run hello-world

2. INSTALANDO PGADMIN4

O pgAdmin4 foi configurado para executar via web. Sendo assim, poderá ser acessado por diversos usuários simultaneamente, contanto que tenham acesso ao servidor no qual o contêiner está em execução.

Para instalar o contêiner e configurá-lo, execute apenas estes dois comandos:

root@localhost:~# docker pull fenglc/pgadmin4
root@localhost:~# docker run --name my_pgadmin4 -p 5050:5050 -d fenglc/pgadmin4

A fim de visualizar os contêineres e seus respectivos status, execute:

root@localhost:~# docker ps -a

Antes de acessar nossa base de dados, via pgAdmin4, devemos habilitar conexões a partir do localhost em nosso servidor PostgreSQL . Para que isso aconteça, alteramos o arquivo pg_hba.conf:


root@localhost:~# echo "host all all 172.17.0.0/24 md5" >> /etc/postgresql/10/main/pg_hba.conf
root@localhost:~# sudo -u postgres psql -c "alter user postgres with password 'postgres';"
root@localhost:~# sudo -u postgres psql -c 'select pg_reload_conf();'

Com objetivo de conectar-se a interface web do pgAdmin4, acesse a URL localhost:5050

O usuário para acesso é pgadmin4@pgadmin.org e a senha é admin.

Na página principal, clique em Object >> Create >> Server…

Em seguida, insira o nome para a sua conexão.

Na aba “Connection”, insira as informações:

Hostname: 172.17.0.1
Username: postgres
Password: postgres

Clique em “save”.

Neste momento, você deverá ter obtido sucesso na configuração da conexão com o seu servidor postgres.

Para efetuar conexão com sua base de dados, clique em “Servers >> meu_servidor >> Databases >> “nome_da_base”

Após abrir conexão com o bando de dados, podemos executar comandos: SELECT, INSERT, UPDATE e DELETE através de Tools >> Query Tool

Fiquem atentos, acompanhem as próximas publicações.

Anterior Descubra como a filosofia DevOps pode impulsionar o sucesso do seu negócio
Próxima Guia Prático: Como Instalar e Configurar um Proxy Reverso no NGINX

About author

Arlindo Neto
Arlindo Neto 7 posts

Arlindo Neto é administrador de banco de dados apaixonado por PostgreSQL. Cursa Ciência da Computação. Atua com foco em banco de dados open-source, possuindo 3 anos de experiência profissional em análise e engenharia de dados. Acumula experiência em projetos envolvendo PostgreSQL, MariaDB, MySQL e MongoDB. No momento vem atuando com Python, com ênfase em aplicações para Big Data. Possui expertise como professor, desenvolvendo e aplicando cursos sobre Linux e tecnologias Open Source, detém certificação EnterpriseDB PostgreSQL 9.6

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Banco de Dados

Descubra o TimescaleDB: O banco de dados SQL para séries temporais

Hoje vamos falar um pouco sobre o TimescaleDB … Mas afinal, o que seria esse tal de TimescaleDB? Respondendo a pergunta acima, TimescaleDB (TSDB) é um banco de dados de

Banco de Dados

Entenda o risco das injeções de dados e como prevenir em desenvolvimento de software

Neste artigo, vamos entender o motivo pelo qual as injeções de dados (SQL Injections) estão no Top 10 da OWASP e o porquê dessa classe de vulnerabilidades precisar de atenção

Banco de Dados

Gerando Dados Aleatórios com Paralelização no Shell: Guia Prático

Gerar dados aleatórios com paralelização no shell. Falando assim parece até alguma coisa muito importante ou difícil, mas vamos entender sua utilidade na prática. Vez ou outra preciso de uma