Proteja sua infraestrutura com Ansible Vault: segurança e simplicidade

Proteja sua infraestrutura com Ansible Vault: segurança e simplicidade

Automatize sua infraestrutura sem correr riscos de segurança

O Ansible foi um dos responsáveis pela popularização da automação de configurações por meio das suas playbooks (scripts no formato YAML, onde é possível definir de forma estruturada configurações para um determinado ambiente). Hoje, milhares de empresas, com a utilização do Ansible, conseguem fazer com que sua infraestrutura esteja totalmente em formato de código e versionada, basicamente, como um software.

As facilidades que o Ansible trás são inquestionáveis, porém, atualmente, é perceptível que cada informação sobre a infraestrutura de uma empresa é muita valiosa e sensível. Dessa forma é comum que as playbooks que geram toda a infraestrutura de uma empresa deixa dados sensíveis, como senhas e usuários, expostos.

O Ansible Vault vem como solução para esses problemas, já que essa funcionalidade do Ansible possibilita que as playbooks sejam criptografas e permitam que somente pessoas autorizadas possam visualizar e modificar o seu conteúdo.

Arquitetura da Criptografia

Para o Ansible Vault conseguir criptografar e manter a mínima segurança, ele utiliza a chave simétrica AES(Symmetrical Key Advanced). A chave AES provê um caminho simples de utilização já que utiliza a mesma informação de chave de criptografia para chave de decriptografia, conforme abaixo:

"Estrutura

É necessário observar que o Ansible Vault permite a criptografia apenas arquivos, sejam playbooks ou não, e variáveis.

Ansible Vault na prática

Então, vamos aprender como é utilizá-lo:

  • Criando um Arquivo Criptografado

ansible-vault create <nome_do_arquivo>

Creando Arquivo CriptografadoApós a solicitação de confirmação de senha, é a aberto um editor para adicionar o conteúdo ao arquivo novo.

Conteúdo Criptgrafado

  • Visualizando o Arquivo Criptografado

ansible-vault view <nome_do_arquivo>

Visualizando Arquivo

  • Editando o Arquivo Criptografado

ansible-vault edit <nome_do_arquivo>

Editando Arquivo

  • Criptografando um arquivo já existente

ansible-vault encrypt <nome_do_arquivo>

  • Decriptografando o Arquivo

ansible-vault decrypt <nome_do_arquivo>

  • Criptografando Variáveis do Ansible

ansible-vault encrypt_string -n <nome_da_variável> <conteúdo_da_variável>

Esse comando fornece um resultado criptografado que é adicionando, geralmente, em vars/main.yml de um role ansible.

O exemplo mostrado acima é uma forma de proteger o conteúdo da sua variável. Pois, não permite que o conteúdo da variável fique no histórico da linha de comando.

Para executar uma playbook que esteja utiliza um arquivo ou variável criptografada é necessário passar o comando da seguinte formar:

Finalizando, percebemos que o Ansible Vault é perfeito para proteger informações e implementar Segurança no mundo DevOps de forma simples.

CURSOSCONSULTORIA    CONTATO

Anterior Descubra como o Vagrant pode agilizar a configuração de ambientes virtuais
Próxima Guia definitivo: Como criar e implementar pipelines com Jenkins

About author

Yago Ésquines
Yago Ésquines 5 posts

Yago Ésquines, atua como Coordenador de TI em Software Livre, formado em Ciência da Computação pela Universidade Paulista (UNIP) e em Segurança da Informação pela FATEC São Caetano. Atua com foco em Linux, Automação, DevOps e DevSecOps, possuindo mais de 10 anos de experiência profissional em Tecnologia da Informação. Detém expertise como instrutor de cursos voltados ao Sistema Operacional Linux, Infraestrutura Ágil, DevSecOps e Kubernetes, além ser Certificado Linux Engineer(LPIC-2), CKA (Certified Kubernetes Administrator) e DevOps Essentials.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Cloud

Guia prático: Como usar o Terraform para gerenciar sua infraestrutura na nuvem

Terraform é uma ferramenta de código aberto comumente utilizada para construir, alterar e versionar uma infraestrutura de forma segura e eficiente, através de uma linguagem declarativa. A ferramenta é escrita

Containers

Conexão com Cluster Kafka Hospedado em Kubernetes: Guia Completo

Nesse artigo vamos discutir questões relacionadas a como disponibilizar um cluster kafka hospedado em um k8s para aplicações que estejam hospedadas fora do cluster kubernetes. Não vamos tratar da instalação

Monitoramento TI

Automatização de ambientes com Rundeck

Por que automatizar seu ambiente? Nos últimos anos, a automação tem crescido como um elemento imperativo em todos os negócios. Independente da área, temos observado um notável aumento no uso