Workshop Infraestrutura ágil com Docker Git Jenkins Puppet e Ansible -Parte1.2

Já ouviu falar em DOCKER, GIT, JENKINS, PUPPET E ANSIBLE?

Provavelmente ao menos uma delas já! E não é por menos.  São ferramentas bases para automações e controles sugeridos pela prática DevOps, que nos últimos anos tornou-se a maior busca das empresas de tecnologia e foco de discussões e notícias. Mas há muitas dúvidas. Afinal, o que é tudo isso e como sua empresa pode se beneficiar? Para esclarecer essas questões, a 4linux promoveu um workshop sobre Infraestrutura Ágil, a parte da prática DevOps aplicada a área de Operações. Gabriela Dias, Diretora de Operações da 4Linux, foi a palestrante e falou sobre o conceito e benefícios de uma Infraestrutura Ágil. Ela explicou como as configurações de servidores podem ser versionadas no GIT da mesma forma que feito com um código de um software em desenvolvimento. Falou também como funciona a aplicação automatizada de mudanças na infraestrutura com as ferramentas de automação Ansible e Puppet e como tudo é orquestrado e auditável pela ferramenta de integração contínua Jenkins. Além das vantagens em usar containers no Docker. Em uma demonstração prática, foi criada uma infraestrutura com Apache e DNS Bind a partir do zero em poucos minutos. Alterações são feitas nesses servidores apenas com a criação de uma nova versão do arquivo de configuração versionado. Em momento algum é necessário o acesso direto aos servidores. Todas ações são realizadas automaticamente.

Próxima O que é DevOps?

About author

Daniela Araujo
Daniela Araujo 59 posts

Responsável pela área de marketing da 4linux, mais de 5 anos de experiência em marketing e tecnologia.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Vídeos

Workshop – Infraestrutura ágil – Parte 2/2

4linux promoveu um workshop sobre Infraestrutura Ágil, a parte da prática DevOps aplicada a área de Operações. Já ouviu falar em DOCKER, GIT, JENKINS, PUPPET E ANSIBLE…? Provavelmente ao menos

Vídeos

Palestra Php e Postgresql -Dois elefantes trabalham muito mais!

Para quebrar o gelo iremos começar mostrando as principais ferramentas que um programador precisa conhecer para trabalhar com o PostgreSQL no seu dia-a-dia. Através de exemplos simples mostraremos suas principais

Vídeos

Rumo a Certificação.

Pegadinhas e principalmente como montar um cronograma infalível para atingir o objetivo. No ano passado a palestra mostrou que a certificação não é só um pedaço de papel, tinha o