DevOps – o que é e quais são seus benefícios?

DevOps – o que é e quais são seus benefícios?

Provavelmente você conheça o termo DevOps e tenha dúvida sobre do que realmente se trata. Há quem defenda que se trata de uma cultura, outros apostam que seja uma metodologia, há quem diga que é um cargo e outros que veem como uma nova forma de pensar. 

Os estudiosos consideram o DevOps como um termo em evolução e que não deve ser limitado neste momento. O DevOps surgiu a partir da necessidade de agilizar as entregar na área de tecnologia da informação, aperfeiçoando a comunicação, colaboração e integrando desenvolvedores e administradores da infraestrutura. 

O que é DevOps? 

O termo DevOps surge da junção das palavras desenvolvimento e operações. Ele se dá a partir da união de ferramentas e mudança de mindset visando organizar processos de forma que otimize seus resultados. 

É necessário construir uma ponte entre os departamentos de uma empresa para que consigam de forma disciplinada seguir processos e potencializar seus resultados. A organização deverá atender necessidades de seus clientes e desenvolver soluções finais para seus problemas. 

Benefícios DevOps 

Empresas e organizações afirmam que os benefícios DevOps são surpreendentes e podem causar revoluções em todo o processo de trabalho. De forma macro, ele ajuda na alta produtividade, alta qualidade na entrega de software e baixo custo de produção. 

Uma pesquisa realizada com departamentos de tecnologia da informação de algumas empresas, a DevOps Adoption, apresentou como outros benefícios:                                     

Empresas e organizações afirmam que os benefícios DevOps podem causar revoluções em todo o processo de trabalho.

  • Melhoria na eficiência de negócio;                                    
  • Aumento de satisfação de clientes; 
  • Aumento de tempo da aplicação estar no ar; 
  • Aumento da agilidade do negócio; 
  • Aumento na conversão de clientes; 
  • Aumento do valor para o negócio; 
  • Redução de custos de IT; 
  • Aumento da produtividade de empregados; 
  • Aumento da satisfação dos empregados.

Com a implementação de DevOps é possível ainda notar que a capacidade de pesquisa e inovação da empresa é aprimorada, visto que os colaboradores são incentivados a aprimorar os produtos e serviços e por vezes buscam soluções criativas e que saem de sua zona de conforto. 

Desta forma, seus colaboradores estarão com uma visão voltada e focada no desempenho e performance, tornando-se mais produtivos e é possível encontrar e destacar novos talentos em seu negócio. 

Curso de DevOps 

Um bom começo para entrar no mundo DevOps é começando por automatização. Uma sugestão é apostar no curso 525 da 4Linux. “Infraestrutura ágil com práticas DevOps usando Docker, Git, Jenkins, Puppet e Ansible” é o nome do curso que visa auxiliá-lo a tornar sua infraestrutura automatizada no desenvolvimento de softwares. 

Os alunos que concluírem o curso estarão prontos para analisar e planejar a implantação de infraestrutura seguindo práticas DevOps, conhecerão as ferramentas para criação de uma infraestrutura ágil, usarão o Docker, Git, Jenkins, Puppet e Ansible, entre outros conhecimentos que obterão. 

Veja também: 4 Linux lança curso de DevSecOps e solidifica liderança para carreira DevOps

Conteúdo curso de DevOps 

O conteúdo programático do curso de DevOps tem seis grandes áreas, que apresentaremos a seguir. Em “Automação com Ansible”, o aluno terá conhecimentos introdutórios, instalação, cadastro inventário de máquinas, ambiente, entre outras informações sobre a ferramenta. 

“Administrando e operando o Docker” é o módulo que irá ensiná-lo a criar o primeiro Container, construir e gerenciar templates e utilizar o compose. Já em “Gerencia de configuração com Puppet”, entenderá os Resources do Puppet e construirá seu primeiro Manifest. 

Para explorar os comandos Git, criar repositórios e versionar a configuração do Puppet no GitLab o aluno deverá concluir o módulo “Versionamentos com Gitlab”. Depois ele irá para “Integração com Jenkins” para criar builds no Jenkins, configurar teste unitário de infraestrutura e utilizar Rundeck para Continuous Integration. 

O conteúdo do curso de DevOps finaliza com “Rundeck”, ensinando a criar Jobs no Rundeck, integrar Jenkins com Rundeck e utilizar o Rundeck para deploy com Ansible.  

Diferenciais e pré-requisitos do curso de DevOps 

O curso de DevOps da 4 Linux é o único do mercado que ensina a construir uma infraestrutura rápida com práticas DevOps usando apenas ferramentas OpenSource (código aberto).  

Conta ainda com laboratório prático, no qual o aluno consegue ter dimensão de um cenário real e totalmente funcional de uma infraestrutura automatizada. Além disso, a metodologia utilizada no curso é ITExperience, criada pela 4Linux. 

Quando realizar o curso de DevOps? 

Há duas opções para quem deseja realizar o curso de DevOps da 4Linux. A primeira é presencial, com opção diurna de uma semana, de segunda a sexta, com oito horas diárias. Também pode ser realizado em período noturno, com duas semanas de segunda a sexta, com quatro horas diárias. 

curso de devops

Já a segunda opção é o curso EAD, com oito horas de aula online e ao vivo e mais trinta e duas horas de vídeo aula, que podem ser realizadas pelo aluno no melhor horário. 

As próximas turmas agendas são: 

  • 14/04 a 19/05 – Sábado, das 9h às 18h; 
  • 16 a 20/04 – Diurno, segunda a sexta, das 8h30 às 17h30; 
  • 22/05 a 12/06 – EAD; 
  • 11 a 22/06 – Noturno, segunda a sexta, das 18h30 às 22h30; 
  • 26/06 a 17/07 – EAD; 
  • 02 a 06/07- Diurno, segunda a sexta, das 8h30 às 17h30; 
  • 21/08 a 03/09 – Noturno, segunda a sexta, das 18h30 às 22h30. 

Entre no site oficial da 4Linux e escolha o melhor horário de turma para você. 

Veja também: 4Linux presente no evento Internacional DevOpsDays Maringá

Por que DevOps é importante? 

Ao longo do artigo listamos os principais benefícios da implementação do DevOps em sua empresa de tecnologia da informação, e queremos ressaltar a importância de realizar esta mudança.  

Com o DevOps em sua empresa, além da alta produtividade você conseguirá manter seus colaboradores animados e buscando crescimento e conhecimento. Vale a pena investir em uma nova cultura e forma de agir.  

Aproveite o curso “Infraestrutura ágil com práticas DevOps usando Docker, Git, Jenkins, Puppet e Ansible” da 4Linux e prepare seus profissionais do Software para o DevOps e para a nova fase de seu negócio.

Anterior Ferramentas para testar sua API
Próxima Symfony 4: O que mudou?

About author

Você pode gostar também

Desenvolvimento 0 Comentários

Codeception: crie testes automatizados para suas APIs

O uso de APIs para uma comunicação padronizada entre aplicações é cada vez mais comum. Ao utilizar APIs testes precisam ser criados para validar seu funcionamento e garantir a comunicação.

Rundeck, bom para projetos DevOps

O Rundeck é uma aplicação java de código aberto que automatiza processos e rotinas nos mais variados ambientes, gerenciado via interface gráfica fica extremamente simples de verificar status de execuções,

Notícias 0 Comentários

Caça talentos Devops na 4linux.

A 4Linux escolherá 20 pessoas para realizarem gratuitamente seus cursos Devops e garante contratar o melhor aluno, venha para o caça talentos Devops. Quem pode participar? Poderá participar todas as

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe uma resposta