DevOps “Enterprise” será a tendência em 2018

DevOps “Enterprise” será a tendência em 2018

Segundo o Forrester Research, 50% das empresas pesquisadas estão implementando a cultura DEVOPS

Em 2013 eu escrevi um artigo intitulado “Por que você deve aprender Linux?” e quem teve a oportunidade de aprender linux nestes últimos 4 anos deve estar bem feliz com a sua empregabilidade. Não falta empregos para quem conhece o Linux. Se você ouviu a minha sugestão em 2013 e está feliz por conhecer Linux eu estou escrevendo este artigo para te estimular a dar um passo adiante e entrar no mundo DEVOPS ( mundo da automatização de infraestrutura ou da infraestrutura como código).

Como a grande maioria das nuvens são baseadas em soluções open source e como a adoção de cloud vem crescendo vertiginosamente, naturalmente quem aprendeu o sistema livre está ‘navegando nos ventos’ do crescimento da cloud computing.

O Forrester Research é um dos mais respeitados institutos de pesquisas que fazem projeções sobre o futuro na área de tecnologia e ele afirmou recentemente “2018: the year of enterprise DEVOPS” Neste artigo, o Forrester afirma que baseado em suas pesquisas com grandes corporações, 50% delas estão implementando cultura DEVOPS.

Em 2015 a 4Linux lançou a campanha: “Cloud is Linux. DEVOPS is Linux. DEVOPS é Cloud.” quando re-lançou sua formação Linux incluindo o assunto cloud nesses cursos. Os cursos da 4Linux já colocam seus alunos no contexto de cloud computing desde então e – em breve – os colocará também no contexto DEVOPS.

"Nosso objetivo é dar empregabilidade ao nossos alunos e o mercado está procurando por profissionais Linux+Cloud+DEVOPS."

O mercado de trabalho está cada vez mais contratando profissionais com conhecimentos em Linux devido a sinergia entre Cloud e Cultura DevOps que são tendências que acabam usando Linux intensivamente, o que fez crescer o número de pessoas interessadas em adquirir competências nestas áreas.

O Indeed é um dos maiores sites de oferta e procura de empregos de todo o mundo e ele fornece estatísticas sobre a procura por profissionais em determinadas áreas. Sempre é uma boa referência pesquisar quais tecnologias o mercado de trabalho está contratando antes de fazer um investimento em capacitação. Veja a procura por DEVOPS.

Fica a dica. Se você já conhece Linux, dê um passo adiante e entre no mundo DEVOPS. Sua empregabilidade, seu currículo e seu salário irão agradecer.

Anterior Ambari: crie um cluster Hadoop em minutos
Próxima PHPeste evento que visa reunir os desenvolvedores, estudantes, entusiastas de PHP

About author

Rodolfo Gobbi
Rodolfo Gobbi 16 posts

Idealizador e Presidente do Rankdone. Apesar de não ter suas origens na área de RH, aplicou - para desenvolver o Rankdone - seus 20 anos de experiência na contratação de profissionais e na montagem e gerência de equipes técnicas.Atua como Sócio-Diretor da empresa 4linux. Foi fundador e presidente do LPI( Linux Professional Institute) Brasil, a maior certificação profissional linux do mundo. Possui experiência em gerência técnica , comercial e financeira. Graduado em Engenharia Eletrônica pela Universidade de São Paulo com especialização em Computação, fez Extensão em Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas.Ministrou diversas palestras em eventos de informática.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Infraestrutura

Graylog – Gerenciando todos os seus Logs

Este post tem como objetivo apresentar um guia para instalação e configuração do Graylog em Debian 8 (Jessie), suportado pelos bancos de dados noSQL  MongoDB e ElasticSearch e com alta

Infraestrutura

Terraform #parte3 – Criando dependências entre recursos

Esta é o terceiro capítulo da nossa série de postagens sobre Terraform, neste post iremos falar sobre as dependências entre recursos. Caso tenha perdido o início da nossa série, recomendo

DevOps

Microsserviços: O que são? Onde habitam? E como a 4Linux pode te ajudar?

Vivemos em tempos onde a evolução das tecnologias e dos tipos de serviços com os quais estamos acostumados se transformam e mudam em uma velocidade impressionante. E isso tem sido