Instalação e Migração OTRS

Instalação e Migração OTRS

Introdução

OTRS, Open-source Ticket Request System (Sistema Livre de Requisição de Chamados), é um sistema de gerenciamento de incidentes, livre e de código aberto, que qualquer organização pode usar na atribuição de rótulos para a entrada de requisições e acompanhamento de comunicações futuras sobre estas requisições. Constitui um meio de gerenciar consultas recebidas, reclamações, pedidos de suporte, relatórios de defeitos e outras comunicações.
O OTRS consiste uma aplicação web desenvolvida em Perl, altamente escalável e flexível. Neste artigo apresento a instalação e migração de um sistema OTRS para uma instância pré-configurada com CentOS 7 na Google Cloud.

Pré-requisitos

  • A instalação pode ser realizada em um servidor físico ou virtual.
  • 2 GB de memória RAM no mínimo, recomendado 8 GB.
  • 160 GB HD.
  • Processador Xeon 2.0 Ghz ou superior.
  • Web Server Apache.
  • Banco de Dados Mysql, Oracle, MS SQL ou PostgreSQL. Neste manual, demonstro a instalação com Mariadb.

Instalação

1. Primeiramente é necessário instalar o repositório Epel, Apache e o módulo do Perl:

sudo yum install epel-release -y
sudo yum install httpd mod_perl -y

2. Habilitar a inicialização automática do Apache:

sudo /sbin/chkconfig httpd on
sudo service httpd start
sudo firewall-cmd --zone=public --add-port=80/tcp --permanent
sudo firewall-cmd --reload

3. Instalar o MariaDB:

sudo yum install mariadb
sudo yum install mariadb-server
sudo /sbin/chkconfig mariadb on
sudo service mariadb start
sudo mysql_secure_installation

Será solicitada a senha de root do Mariadb. Apenas pressione Enter, pois a senha encontra-se em branco neste momento.

O sistema perguntará se deseja alterar a senha de root do banco, responda sim (Y):

Set root password? [Y/n]

Digite a nova senha e confirme.

A seguir, confirme todas as opções apresentadas a seguir, basta pressionar Enter:

Remove anonymous users? [Y/n] (Enter)
Disallow root login remotely? [Y/n] (Enter)
Remove test database and access to it? [Y/n](Enter)
Reload privilege tables now? [Y/n](Enter)

4. Agora, devemos alterar alguns parâmetros do MariaDB que são recomendados pelo OTRS para garantir uma melhor performance. Edite o arquivo /etc/my.cnf:

sudo vim /etc/my.cnf

Pressione “i” e insira o seguinte conteúdo logo após a linha “[mysqld]”:

max_allowed_packet = 20M
query_cache_size = 32M
innodb_log_file_size = 256M

Salve e saia, reinicie o MariaDB com os comandos abaixo:

sudo service mariadb stop
sudo rm /var/lib/mysql/ib_logfile0
sudo rm /var/lib/mysql/ib_logfile1
sudo service mariadb start

5. Instalação do OTRS. Execute o comando:

sudo yum install wget bzip2

Acesse a pasta /opt:

cd /opt

Através navegador, acesse a URL: https://ftp.otrs.org/pub/otrs/. Verifique qual é o arquivo da versão desejada. Neste momento, em que escrevo o artigo, é a versão 5.0.23, clique com o botão direito do mouse neste arquivo e em “Copiar link”.
No terminal, insira o seguinte comando:

sudo wget https://ftp.otrs.org/pub/otrs/otrs-5.0.23.tar.bz2

Na sequência vamos descompactar o arquivo, em /opt:

sudo tar jxvpf otrs-5.0.2.tar.bz2
sudo mv otrs-5.0.2 otrs

Crie o usuário do OTRS, (adicione este usuário ao grupo Apache):

sudo useradd -d /opt/otrs/ -c 'OTRS user' otrs
sudo usermod -G apache otrs

6. Instalação dos módulos Perl. Execute:

sudo yum install "perl(ExtUtils::MakeMaker)" "perl(Sys::Syslog)"[/cc]
[cc lang="bash"]sudo yum install "perl(Archive::Tar)" "perl(Archive::Zip)" "perl(Crypt::Eksblowfish::Bcrypt)" "perl(Crypt::SSLeay)" "perl(Date::Format)" "perl(DBD::Pg)" "perl(Encode::HanExtra)" "perl(IO::Socket::SSL)" "perl(JSON::XS)" "perl(Mail::IMAPClient)" "perl(IO::Socket::SSL)" "perl(ModPerl::Util)" "perl(Net::DNS)" "perl(Net::LDAP)" "perl(Template)" "perl(Template::Stash::XS)" "perl(Text::CSV_XS)" "perl(Time::Piece)" "perl(XML::LibXML)" "perl(XML::LibXSLT)" "perl(XML::Parser)" "perl(YAML::XS)"

Ative o arquivo de configuração:

Acesse a URL da sua instalação, é o IP do seu servidor virtual mais a url “/otrs /installer.pl”.

Veja a imagem:

Nesta tela, clique em Próximo para ir a tela que exibe a Licença do OTRS. Se estiver de acordo, clique em “Accept license and continue”:

Preencha a senha do root do banco de dados e clique em “Verificar configurações do Banco de Dados”:

Se tudo estiver correto, você verá a tela a seguir, clique em Próximo:

Se tudo ocorreu bem, será apresentado um aviso de “sucesso”. Clique em Próximo:

Na tela seguinte, preencha o e-mail do administrador e o nome de sua organização e, clique em Próximo:

A próxima tela, diz respeito a configuração do envio e recebimento de e-mails do sistema. Podemos pular esta etapa:

A instalação estará concluída. Anote a senha para o primeiro acesso, porém, migraremos um outra base para esta pré-configurada.

Migração

7. Vamos acessar o servidor onde está o OTRS de origem, que será migrado:

ssh user@host_origem

Ao acessar essa máquina, vamos copiar o diretório /opt/otrs para o /tmp da nossa máquina de destino:

scp /opt/otrs user@host_destino:/tmp

Feita a copia, vamos gerar um dump do banco otrs, ainda na máquina de origem. A cópia realizada com o dump, será transferida para a nossa máquina destino:

mysqldump -u otrs -p otrs > dump-otrs.sql
scp dump-otrs.sql user@host_destino:/tmp

Agora temos todo conteúdo necessário para iniciar o processo de migração. Voltando a máquina de destino, vamos acessar o banco e dar permissão para o usuário otrs:

mysql -u root -p
GRANT ALL PRIVILEGES ON otrs.* TO 'otrs'@'localhost' IDENTIFIED BY 'senha' WITH GRANT OPTION;

obs: a senha que utilizaremos para o usuário otrs, precisa ser a mesma configurada no arquivo Config.pm em /opt/otrs/Kernel/Config.pm

Agora, restauramos o dump em nossa máquina:

mysql -u user -p otrs < dump-otrs.sql

Com o dump restaurado, vamos setar as permissões da aplicação ao usuário otrs:

/opt/otrs/bin/otrs.SetPermissions.pl --otrs-user=otrs --web-group=apache /opt/otrs

Limpe o cache da aplicação migrada:

su -c "/opt/otrs/bin/otrs.Console.pl Maint::Cache::Delete" -s /bin/bash otrs

Faça um rebuild da aplicação, visando a leitura dos arquivos de configuração e permissões:

su -c "/opt/otrs/bin/otrs.Console.pl Maint::Config::Rebuild" -s /bin/bash otrs

Realize stop no Cron do otrs:

/opt/otrs/bin/Cron.sh stop otrs

Restart no Apache:

systemctl restart httpd

Desabilite o SElinux:

vim /etc/selinux/config

Mude a linha:
SELINUX=enforcing

para:
SELINUX=disable

Agora basta acessar http://ip_da_maquina/otrs/index.pl?

Com isso, nosso processo de migração do OTRS está completo! Agora, ja é possível acessar o painel e gerenciar os seus incidentes.

Anterior 4Linux lança curso sobre infraestrutura Blockchain usando HyperLedger
Próxima DevOps - Utilizando Jenkinsfile para construir seu Pipeline

About author

Erick Franca
Erick Franca 2 posts

Erick Cesar França Silva atua como Analista de Infraestrutura em Software Livre e DevOps, cursando Análise e Desenvolvimento de Software pela Cruzeiro do Sul. Possui experiência em ferramentas voltadas para aplicação da cultura DevOps e ensino a distância. Acumula experiência em design. Possui expertise como instrutor, aplicando cursos sobre Linux, DevOps e tecnologias Open Source. Detém certificação LPIC1 e ITCerts Devops Essentials.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Infraestrutura

Backup PITR centralizado com Barman

O backup PITR(Point-In-Time-Recovery) que é uma ferramenta que permite um arquivamento contínuo das transações ocorridas no banco, para que seja possível a recuperação de qualquer posição dos dados desde o

Infraestrutura

Instalação do Cuda 9 em distribuições Linux baseadas no Ubuntu

Se você deseja trabalhar com algoritmos de Machine Learning, provavelmente precisará usar processamento paralelo para acelerar os resultados dos seus algoritmos. Muitos frameworks como por exemplo, o TensorFlow, já possuem

Infraestrutura

Zimbra: com remover e-mail enviado por engano

Em um dos meus projetos de zimbra recebi aquela pergunta que todo analista de T.I. já recebeu: ” Enviei e-mail errado  e foi para toda a empresa, preciso apagar este