Zend: a ferramenta certa para o trabalho certo!

Zend: a ferramenta certa para o trabalho certo!

Se você está lendo este artigo provavelmente você já desenvolveu ou pretende desenvolver algum projeto de software. Talvez você nunca tenha usado um framework mesmo que não o Zend antes por isso acho necessário uma breve explicação para uma melhor compreensão do artigo e, caso você já tenha alguma experiência com desenvolvimento e tenha usado algum framework
acesse direto para as opções disponíveis.

Frameworks PHP?

Um Framework é uma abstração que visa prover funcionalidades genéricas para diversas necessidades de um projeto. Quem já desenvolveu ou está desenvolvendo algum aplicativo,sabe que nos deparamos com diversos desafios que vão além da regra de negócio como validação de dados, segurança, conexão de banco, fluxo de dados, entre outros. Um Framework fornece ferramentas para que você consiga lidar com todas estas tarefas de forma eficiente, permitindo a escalabilidade da aplicação, padronização e a qualidade do código como um todo, fazendo com que grande parte do seu trabalho seja se preocupar com a regra de negócio, ou seja, o que a aplicação deverá fazer.

Para quem está começando na área de desenvolvimento logo pode vir um questionamento sobre a necessidade de conhecer php para trabalhar com um framework. A resposta para esta pergunta é óbvia, sim! Você precisa conhecer bem o php para poder trabalhar com eficiência com qualquer que seja o framework. Entenda que o framework nada mais é que o esqueleto com diversos componentes que você poderá usar no decorrer do fluxo da aplicação, porém o conhecimento em php, padrões de projeto e principalmente orientação a objetos é fundamental para o desenvolvimento.

zend

Por que usar um Framework?

Em uma busca rápida na web por frameworks PHP você irá encontrar inúmeros resultados, uma gama de artigos falando sobre o seu uso, desde de como iniciar e até mesmo alguns desenvolvedores afirmando que não devemos utilizar frameworks em nenhum projeto: existe um pequeno grupo que acha que desenvolver tudo do zero é melhor para o projeto e controle da aplicação. Recentemente eu recebi um artigo de um aluno meu (além de desenvolvedor na 4Linux, também ministro a formação PHP) onde o título do artigo era 6 reasons not to use a PHP Framework. Artigos como este sempre me chamam a atenção, porém era apenas uma forma descontraída de dizer ao leitor que o uso do framework nos dias atuais é praticamente fundamental.

O primeiro motivo citado pelo autor era: Você não deve usar um framework pois você é imortal e sempre estará presente para ajudar os desenvolvedores quando surgir uma dúvida no seu códigofica”. A verdade é que  você irá encontrar muitos pontos positivos e alguns negativos ao se adotar alguma ferramenta como esta para o desenvolvimento do seu projeto e como o meu objetivo é tirar as suas dúvidas e não complicar ainda mais a sua vida, segue alguns pontos positivos e negativos do uso de um framework:

Pontzendos positivos:

  • Qualidade de código (na maioria dos casos)
  • Organização e padronização
  • Produtividade
  • Escalabilidade do projeto
  • Boas práticas de desenvolvimento(na maioria dos casos)
  • Facilidade de integração de novos desenvolvedores ao projeto
  • Abstração de quase todas as camadas da aplicação
  • Preocupação apenas com a regra de negócio (na maioria dos casos)

zendPontos negativos:

  • Curva de aprendizado
  • Performance da aplicação
  • Dificuldade de remover ou trocar o framework caso necessário
  • O Framework possui muito mais coisas do que você precisa

 

 

Um ponto importante que deve ser mencionado é que todos os pontos negativos citados acima são contornados, podendo ser facilmente resolvidos com pequenas ações. Quanto aos positivos, é muito trabalhoso de se atingir sem o uso do framework. Para o mercado atual é extremamente inviável começar um projeto do zero.

Uma outra pergunta recorrente entre os desenvolvedores é quando usar um framework, ou seja, quando um projeto é grande o bastante para necessitar do uso de uma solução como esta. A primeira coisa que devemos pensar é qual a forma de mensurar o tamanho de um projeto? Imagine o projeto de uma casa, você possui o terreno mas talvez pense que hoje não é necessário construir uma casa grande Você não é casado e não tem filhos. Não possui carro e então porquê desenvolver um projeto grande?  Os anos vão passando e de repente você se vê apertado com usa esposa e filhos em um quarto cozinha pagando aluguel de uma garagem pois você achou que sempre ia morar perto do trabalho e nunca ia precisar de um carro. Uma alternativa seria fazer um “puxadinho” para melhorar o conforto seu conforto e de sua família.

Com o desenvolvimento de software é a mesma coisa, não é possível prever o futuro, se a empresa cresce o software cresce junto. Se a tecnologia evolui, as formas de acessar o seu aplicativo podem mudar e novas soluções deverão ser implementadas. Pensando nisto eu acredito que um projeto nunca é pequeno o bastante e para não sofrer no futuro a escolha de um boa ferramenta é fundamental!

Qual Framework usar?

Chegamos então a um outro ponto que pode te deixar de cabelo em pé, existem inúmeros frameworks para o desenvolvimento PHP. Então agora você terá um novo desafio: escolher a ferramenta ideal para o seu projeto. Entre as ferramentas mais usados estão:

  • ZEND FRAMEWORK 2 / ZF2 / ZF3
  • LARAVEL
  • PHALCON
  • SYNFONY 2
  • YII
  • CAKE
  • AURA
  • CODEIGNITER
  • SLIM
  • SILEX
  • AURA

A lista acima pode ser bem maior, mas me contive a apenas os mais populares e me desculpe se esqueci de mencionar o que você usa. Mande um email para mim que insiro na próxima versão do artigo, brincadeira…

Note ainda que esta lista não está seguindo nenhuma ordem, diferente do que você pode encontrar na web na minha opinião a popularidade de um framework não pode ser o ponto decisivo de sua escolha. Existem diversos itens que devem ser levados em consideração para que seu projeto tenha sucesso, então não vou falar e nem elencar nenhum ponto negativo de um ou outro framework. Quero apenas aqui mostrar e justificar para você o motivo pelo qual o Zend Framework ou simplesmente ZF2 é a minha escolha e de grandes empresas de desenvolvimento.

Por que Zend Framework 3?

O Zend Framework 3 (ZF3) é um projeto que conta com mais de 6 mil desenvolvedores. Entre eles podemos destacar a maior comunidade de desenvolvimento, empresas como Facebook, Microsoft, Oracle e a gigante Google. O projeto levou cerca de dois anos para ser desenvolvido e todo este tempo se justifica pela estrutura e robustez que a ferramenta oferece. Porém, esse esforço parece não ter agradado muito a comunidade e são inúmeras críticas a arquitetura do ZF2. Por isso correndo atrás do prejuízo o projeto ZF3 foi iniciado, tendo como principal meta a separação da arquitetura em componentes que podem ser utilizados isoladamente e entre as principais vantagens do ZF podemos destacar:

Modular

Com ZF2/ZF3 sua aplicação é construída como blocos que se encaixam para formar uma grande e poderosa estrutura. Seus módulos podem ser utilizados em outros projetos e distribuídos para outros desenvolvedores ou comercializados na “Modules Store” da zend.

Extensível

O ZF3 é totalmente configurável, ou seja, é muito fácil adaptá-lo para o que você precisa. P ode usá-lo de forma Full ou apenas seus componentes e caso você precise desenvolver uma estrutura para envio de e-mail em um projeto existente ao invés de desenvolver, pode-se utilizar, por exemplo, o Zend\Mail do ZF3.

Seguro

O ZF3 possui componentes para criptografia que podem ser utilizadas para diversas necessidades como gerar senhas cripitografadas, criptografia de dados sigilosos entre outras coisas.

Performance

Toda estrutura do framework foi desenvolvida com base nas melhores práticas de desenvolvimento para garantir o máximo de qualidade de código bem como uma melhoria de performance muito superior ao seu antecessor, além de toda estrutura otimizada para o PHP7 você ainda pode configurá-lo a fim de melhorar ainda mais o desempenho.

Grande Comunidade

O ZF2/ZF3 conta com uma das maiores comunidades da web e não apenas em número, os contribuidores são extremamente ativos o que garante uma constante evolução e melhorias no projeto.

Os componentes do ZF3 são desenvolvidos com o mínimo de dependências uns dos outros o que torna o ZF3 extremamente escalável. Ele é open source e 100% orientado a objetos, possui os mais modernos padrões de projetos e segue alguns dos princípios do SOLID.

O Zend Framework 3 possui diversos padrões de projeto em sua estrutura entre eles podemos destacar:

  • MVC
  • Factory
  • Singleton
  • Observer
  • Strategy

1001 Funcionalidades!

O ZF3 contém três grandes pilares que proporcionam ao desenvolvedor e a equipe de desenvolvimento extrema liberdade e interoperabilidade que permite desenvolver módulos que podem ser aproveitados em vários projetos são eles:

  • ModuleManger : Componente utilizado para gestão dos módulos da aplicação.
  • ServiceManager: Componente usado para gerir serviços da aplicação e para injeção de dependências a fim de reduzir o acoplamento do código e tornar a aplicação escalável.
  • EventManager: Componente utilizado para gestão de eventos da aplicação. Os eventos irão proporcionar maior flexibilidade do código bem como garantir que o mesmo seja mais limpo e legível.

Com o ZF3 você poderá desenvolver qualquer tipo de aplicação, seja ela uma aplicação web que pode ser desde um simples blog até um ERP completo. Poderá ainda desenvolver e consumir qualquer tipo de API.

Mesmo que a curva de aprendizado seja um pouco superior a outras ferramentas o Zend Framework 3 vale a pena aprende-lo e adotá-lo como solução. Tal curva de aprendizado se justifica pela quantidade de recursos oferecidos bem como toda possibilidade de alteração de comportamento, o que irá te render um maior poder e controle durante o desenvolvimento.

Se você ainda não se convenceu que o Zend Framework, segue a lista dos principais compontes do ZF3:

  • Robusta estrutura MVC
  • Gestão de Rotas
  • Robusta estrutura para tratamento de Eventos
  • Componente para trabalhar com autenticação e autorização
  • Componente para trabalhar com criptografia
  • Componente de gestão de Serviços
  • Diversos helpers para camada de visão
  • Suporte completo para HTML5
  • Componente de Banco de Dados
  • Componente de Formulários e Validação
  • Componente para trabalhar com Sessão
  • Componente para trabalhar com log
  • Componente para trabalhar com Apis Rest, SOAP e RPC

“O ZF3 conta ainda com soluções prontas para consumir as mais populares APIs como Flckr, Amazon, Facebook, etc”

Sim eu vou aprender ZF3!

Para que você tenha certeza de que fez a escolha certa o principal diferencial do ZF3 em relação a qualquer outra solução é que ele foi desenvolvido e é mantido pela Zend, empresa criadora do PHP que usamos hoje, ela mantém e desenvolve a linguagem e este poderoso framework, além de produtos e serviços para diversas necessidades de um ambiente de alta disponibilidade, se você está se perguntando se isso é realmente importante, pense que o ZF3 nunca será descontinuado, se você analisar com atenção nenhuma outra solução possui esta garantia.

zend

A Zend oferece ainda suporte e consultoria o chefe de desenvolvimento do projeto Matthew Weier O’Phinney é um dos desenvolvedores que mais responde as dúvidas nos forums exclusivos da zend, para dúvidas sobre qualquer componente do ZF3, diversos parceiros espalhados pelo mundo também possuem equipe especializadas para auxiliar empresas e desenvolvedores com consultoria e capacitação, a 4linux parceira oficial da Zend no Brasil possui desenvolvedores com certificados oficiais e o melhor curso de Zend Framework 2 do Brasil.

Ao aprender o Zend Framework 3 você terá ao mesmo tempo adquirido sólidos conhecimentos em mais 2 grandes projetos da Zend são eles:

  • Zend-expressive: Micro Framework para desenvolver soluções middleware baseados na PSR-7.
  • Apigility: O Apigility é um construtor de Apis, com ele você cria de forma rápida projetos REST FULL.
Anterior MongoDB Aggregation
Próxima Workshop sobre infraestrutura ágil despertou grande interesse.

About author

Você pode gostar também

Desenvolvimento

Migrations para aplicações PHP com Phinx

Em tempos que se fala tanto de DevOps quero te mostrar como utilizar o Phinx para efetuar alterações no seu banco de dados à medida que a sua aplicação evolui,

Desenvolvimento

Desenvolvimento em PHP – Como essa linguagem pode te ajudar a impulsionar a sua carreira

  Vivemos em uma época totalmente inovadora. A tecnologia desenvolveu uma linguagem própria e muito abrangente. Embora seja considerada moderna, a linguagem de TI tem um histórico longo. Já no

Desenvolvimento

Semântica em HTML5: mais acessibilidade e SEO em seus projetos

Antes de tudo você sabe o que significa a palavra semântica? se·mân·ti·co 1. Relativo à semântica 2. Relativo a significação, ao significado. = SIGNIFICATIVO. https://www.priberam.pt/dlpo/sem%C3%A2ntica [consultado em 29-11-2017]. Podemos então entender