Conheça mais sobre os serviços de Gestão de Riscos e Testes de Intrusão

Conheça mais sobre os serviços de Gestão de Riscos e Testes de Intrusão

Tecnologia de informação está cada vez mais relacionada aos processos produtivos e já mudou a forma de fazer negócios. Se a evolução dos setores de TI possibilitou maior produtividade e inovação também geraram novos desafios para gerenciamento de riscos e vulnerabilidades envolvidas. E com serviços de TI cada vez mais onlines e uso efetivo de computação na nuvem, nunca o negócio da empresa esteve tão exposto.

A 4Linux irá auxiliar sua empresa a operar com mais confiança com adoção de práticas para identificar e mensurar riscos envolvidos em processos e serviços de TI e assim preservar a privacidade. Implantamos processos gerenciais, práticos e essenciais na proteção de suas informações, manutenção da disponibilidade de seus serviços e cumprimento de exigências regulatórias.

Descubra como definir e implantar um processo de gestão de riscos operacionais aderente às principais práticas e exigências de mercado, como ISO 27005, ISO 27001, ISO 9001 e BACEN. As práticas são ajustadas realidade da empresa para possibilitar sua adesão.

Transforme as atitudes reativas em proativas através da visão baseada em riscos. Reduza despesas e custos do negócio e tome as melhores decisões de investimentos com o uso da gestão de riscos. Conheça seus ativos, vulnerabilidades, controles e saiba criar planos de ação para redução de riscos operacionais

Nossos serviços abrangem:

  • Definição de critérios de impacto, probabilidade e aceite de riscos
  • Definição de escopo
  • Definição de ativos
  • Identificação de vulnerabilidades em sistemas
  • Identificação de fragilidades em processos
  • Identificação e estimativa/priorização de riscos
  • Definição dos controles a serem implantados para mitigação dos riscos, levando em consideração eficácia, custos e tempo de implantação
  • Criação do plano de tratamento de riscos (PTR)
  • Criação de indicadores de monitoramento e gestão
  • Treinamento para a equipe dar continuidade ao processo de acompanhamento e melhoria contínua

Testes de Intrusão

A privacidade das informações digitais da sua empresa depende de como seus serviços e sua estrutura de TI está configurada. Invasores podem explorar brechas na segurança para obter informações financeiras, pessoais, privilegiadas e estratégicas e assim obter vantagens, aplicar fraudes e/ou divulgar seus dados. Ataques podem ocorrer a partir da internet, por meio de vírus, malwares ou hackers, ou de dentro da empresa, por colaboradores e visitantes.

https://www.xlabs.com.br/blog/wp-content/uploads/2014/07/Vuln-Pen.jpg.png

Além do problema com a privacidade, ataques podem gerar perda de dados e comprometimento serviços que podem levar a prejuízos irreversíveis. Um ataque pode ainda ser disfarçado de forma a não ser percebido até que seja tarde de mais.

Para proteção é essencial a execução de Testes de Intrusão. Durante o processo serão realizados verificações minuciosas e aplicados ataques simulados para identificação de vulnerabilidades presentes em sistemas e infraestruturas. Um teste de intrusão diferencia-se de qualquer outro serviço por realmente explorar as fragilidades encontradas, para entender a extensão do problema e reportá-lo ao cliente. Desta forma, é possível priorizar correções pela gravidade do problema, traçando um plano de ação inteligente.

Brechas de segurança pode ser causadas por falhas em políticas de acesso e segurança, senhas fracas, exploids instalados sem conhecimento, firewalls e IDS mal configurados, serviços em execução sem necessidade ou mal configurados, bugs em softwares, sistemas desatualizados, sensibilidade a ataques de negação de serviço e muitos outras razões.

O resultado da análise é apresentado ao cliente com soluções possíveis a serem aplicadas. Uma vez feitas as modificações na infraestrutura e nos sistemas, os testes poderão ser executados novamente para certificação de que as vulnerabilidades foram corrigidas.

Nosso serviço oferece duas abordagens para uma completa visão das fragilidades:

  • Testes Externos
    Atuamos na tentativa e invasão dos sistemas de nossos clientes a partir da internet, sem conhecimento prévio de nenhuma informação privilegiada, fidelizando ao máximo a perspectiva de um hacker.
  • Testes Internos
    Partimos da perspectiva de um colaborador ou visitante com acesso à rede interna da organização. Simulando um dos mais populares tipos de incidentes de segurança no mundo hoje, fraudes e vazamento de informações do negócio da empresa cometidas por funcionários ou ainda um hacker que obteve acesso a uma estação de trabalho através de um malware

Saiba mais:

Anterior Por que usar firewall pfSense?
Próxima Software Livre não é software, é serviço

About author

Rodrigo Rodrigues Dias
Rodrigo Rodrigues Dias 10 posts

Trabalha com Linux desde 2001, onde começou com o extinto Conectiva Linux. Atuou em empresas de Consultoria e Telefonia IP e é certificado LPIC-3 303/304 e Exin DevOps Master/Professional. Foi Redator das revistas Linux PC Master e as edições extras com os saudosos CDs com as principais distribuições Linux do mercado. Foi também responsável pelo conteúdo da revista .NET, publicação inglesa adaptada ao Brasil e especializada no desenvolvimento e design web. Também foi o principal redator da Revista do CD-ROM, que marcou época. Atua hoje como Líder de Pré-Vendas da 4Linux onde auxilia clientes na definição de seus projetos Open Source. Já ministrou curso de formação Linux e Alta Disponibilidade, foi responsável pela Infraestrutura e Gerência de Projetos na 4Linux.

View all posts by this author →

Você pode gostar também

Infraestrutura 0 Comentários

PostgreSQL e MySQL – Os bancos de dados mais utilizados no mercado

Atualmente, existem dois bancos de dados que estão entre os mais usados no mercado. São eles: o PostgreSQL e o MySQL. Saiba mais sobre cada um deles, lendo o post!

Infraestrutura 0 Comentários

12 Metodos para prevenir-se de ataques DDOS

Muito bem… como primeiro post por aqui… eu pensei em abordar um assunto que constantemente me abordam nos treinamentos e palestras e bate papos que tenho, que e sobre ataque

Infraestrutura 0 Comentários

MongoDB: como criar um Cluster Replication Set

O MongoDB é um banco com foco em escalabilidade horizontal, sendo assim ele possui um recurso chamado ReplicatSet que serve para replicar os dados em um cluster de servidores para

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Você pode ser o primeiro a comentar este post!

Deixe uma resposta